Buscar
  • camilla0365

COMO A BIOLOGIA DO SOLO SE ENCAIXA EM UMA ABORDAGEM DE MIP

Atualizado: 25 de jun. de 2021

Os fazendeiros têm usado os princípios do Manejo Integrado de Pragas em suas fazendas há gerações. Historicamente, o objetivo do MIP tem sido equilibrar os princípios ecológicos e econômicos para melhor controlar as pragas e doenças, garantindo a produtividade e a lucratividade. No entanto, há mais variáveis para o manejo de pragas na agricultura moderna, incluindo novas tecnologias, mudanças nas preferências dos consumidores e diferentes estratégias de negócios que afetam a tomada de decisões na fazenda. Para ajudar a visualizar essas complexidades da agricultura moderna, o Conselheiro de Entomologia e Biológica de Extensão Cooperativa da UC, Surendra Dara , publicou recentemente um novo modelo de MIP no Journal of Integrated Pest Management que leva todos esses fatores em consideração.


Historicamente, os patógenos do solo não foram bem medidos ou quantificados. Mesmo os melhores praticantes de MIP tinham que confiar na busca de plantas que exibiam sintomas de pragas e doenças. Esta é uma prática demorada que identifica infecções apenas quando os sintomas se manifestam e já estão causando perda de produção. Em um mundo onde a tecnologia agrícola está crescendo rapidamente, entender como qualquer nova informação que pode ser usada para agilizar o processo de tomada de decisão do manejo de pragas é crucial.


A tecnologia da DOROTH oferece aos agricultores uma medição direta dos patógenos do solo no ambiente para criar etapas acionáveis ​​que se alinham com os conceitos centrais do modelo moderno de MIP. Esses incluem:


Conhecimento e recursos: A Doroth é uma soluçõ apoiada pela ciência que dá aos agricultores o conhecimento sobre o perfil microbiano de seu solo.

Manejo de pragas: A identificação correta de quais micróbios do solo reduzem a produtividade é crítica para qualquer agricultor. Com a Doroth , as opções de tratamento cultural, biológico ou químico corretas podem ser selecionadas e serão mais eficazes sobre os micróbios presentes.


Planejamento e Organização: O diagnóstico de patógenos microbianos do solo não depende mais da detecção de sintomas após a ocorrência da infecção, mas sim de uma amostragem proativa para tomar decisões pré-plantio ou identificar campos que requerem tratamento.


Comunicação: Os relatórios da Doroth são acompanhados por uma reunião técnica que tornam os resultados prontamente acessíveis e de fácil compreensão. Isso transforma nossos relatórios em poderosas ferramentas para potencializar o manejo biológico.

A agricultura hoje é um empreendimento complexo e muito desafiador que requer a tomada de muitas decisões - incluindo como implementar estratégias de MIP. Doroth é o insight que os agricultores precisam sobre as influências microbianas em seu solo para ajudar a conduzir estratégias de manejo cultural e de pragas que acompanhem as demandas ambientais, de consumo e econômicas do agricultor moderno.


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo